Doodle celebra The Rainbow Flag: o arco-íris da diversidade

Like
1

Hoje (02/06), Gilbert Baker completaria 66 anos. Por isso, hoje a Google homenageia o artista e seu símbolo com o Doodle comemorativo. O artista norte-americano foi o criador do símbolo da luta do movimento LGBT:  The Rainbow Flag (a bandeira do arco-íris).

Doodle da Google (02/06/2017)

Nascido no estado do Kansas, fixou residência em São Francisco, na Califórnia, após servir o exército (1970 a 1972), quando o movimento pelos direitos dos LGBT começava a florescer. Ali, aprendeu, sozinho, a costurar.

Baker usava seu talento para costurar faixas para passeatas contra a guerra e a favor dos direitos LGBT, e foi assim que ele conheceu Harvey Milk – primeiro político gay assumido e um dos maiores ativistas da causa LGBT de todos os tempos.  Milk foi quem convidou Baker a criar um símbolo de orgulho para a comunidade LGBT.

Rainbow Flag: cores na versão original

 

A bandeira com as cores do arco-íris foi erguida pela primeira vez na Parada do Dia da Liberdade Gay de São Francisco, em 25 de junho de 1978, poucos meses antes do assassinato de Harvey Milk, em novembro do mesmo ano. A história do político foi contada nos cinemas em 2008, no filme Milk, estrelado por Sean Penn, e Baker recriou as faixas e bandeiras da época para o filme.

 

A bandeira com as cores do arco-íris foi erguida pela primeira vez na Parada do Dia da Liberdade Gay de São Francisco, em 25 de junho de 1978, poucos meses antes do assassinato de Harvey Milk, em novembro do mesmo ano. A história do político foi contada nos cinemas em 2008, no filme Milk, estrelado por Sean Penn, e Baker recriou as faixas e bandeiras da época para o filme.Em 1994, já em Nova York, Baker costurou a maior bandeira do mundo: com 1,6 km de extensão, foi carregada por 5 mil pessoas e estendida no prédio da ONU. Novo recorde foi batido por ele mesmo em 2003: no aniversário de 25 anos da bandeira, ele criou uma peça de 2 km de extensão, que atravessou, de lado a lado, a cidade de Key West, na Flórida.

(Andy Newman/Florida Keys News Bureau/Getty Images)

Em janeiro de 2016, o Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMA, incluiu em sua coleção de design a icônica bandeira do arco-íris, criada por ele em 1978.

Gilbert Baker lutou pela causa LGBT dando palestras sobre a bandeira e sobre o movimento por todo o mundo. Escrevia uma biografia, em que contava toda a história da bandeira, quando faleceu  no último 31 de março, sem publicá-la.

No próximo 14 de junho, uma marcha ativista se reunirá em Nova York, no Dia da Bandeira contra a opressão LGBT, em memória de Gilbert Baker. O “Raise the Rainbow!” (Levante o arco-íris!) será um evento público aberto a todos. Os participantes são convidados a trazer seus próprios banners, peças de arte e sinais de protesto com o tema de arco-íris.

Para saber mais:
Site oficial (Inglês)
No Facebbok
Quem foi Gilbert Baker
Gilbert Baker created the LGBTQ Pride rainbow flag
Wikipedia
Relacionadas:
40 famosos abertamente LGBT
Manifesto contra a homofobia, de Leonardo Vieira
Like
1

Deixe uma resposta