Excesso de peso…

– Aventuras hemodialíticas de um tradutor –

Na hemodiálise de ontem houve um problema com a programação do dialisador e a máquina purificou o sangue mas não extraiu os 2,5 litros de líquido e impurezas que tinha que ter extraído.

Então em vez de perder dois quilos na sessão, engordei quase um, devido ao soro que injetam durante a sessão e ao lanche que tenho que comer para não ter hipoglicemia e outras complicações.

Quando fui me pesar e vi que tinha dado problema, falei com a nefrologista que estava de plantão e ela disse que eu teria que fazer mais duas horas de diálise para eliminar essa diferença.

Voltei para a sala de diálise e uma enfermeira perguntou:

– Seu Jorge, o senhor gostou tanto da diálise hoje que não quer ir embora, é?

Respondi:

– Não, é que o dialisador não eliminou o excesso de peso. Em vez de perder 2,5 quilos, ganhei quase um.

E outra enfermeira, que não perdeu a piada:

– Seu Jorge, o senhor tem toda a minha solidariedade. Entendo como o senhor se sente… também engordei um quilo nesta semana.

Aí fiz mais duas horas de diálise, me pesei de novo, e o excesso de peso finalmente tinha sido eliminado.

Só fiquei com uma dúvida: como faço para receber por essas duas horas extras? Cobro amigavelmente ou entro com uma ação trabalhista

Like

Deixe uma resposta