Sopas Russas

versão em Russo

A afinidade que o povo russo tem por uma boa sopa é bem conhecida. É impossível identificar exatamente quando este prato importante e nutritivo tornou-se popular na Rússia. É conhecido, apenas, que as sopas eram preparadas no início da Idade Média, e até mesmo na Idade da Pedra, embora aqueles caldos, que além de cereais, na verdade não levavam nenhum outro ingrediente, tinham pouca semelhança com o prato moderno que orgulhosamente leva o nome de sopa.

As razões para a popularidade de sopas no solo russo são discutíveis. No entanto, é óbvio que dois motivos fundamentais são o clima severo (uma sopa aquece o corpo durante longos invernos frios e, ao mesmo tempo, é uma comida nutritiva que fornece as vitaminas e microelementos necessários), bem como a simples disponibilidade dos ingredientes. Por exemplo, antes da introdução da batata, usava-se nabo, e pratos preparados desta raiz (incluindo sopa) eram muito populares. No entanto, as sopas só conseguiram ganhar uma ampla distribuição na Rússia depois que Pedro, o Grande abriu a lendária “janela para a Europa”, e as pessoas descobriram pratos típicos da Europa Ocidental. Em particular, sopas de creme preparadas naquela região e no Mediterrâneo caíram no gosto da população russa.

Hoje em dia, a variedade de receitas é enorme, e o russo médio simplesmente não imagina um almoço sem o “primeiro prato” (o que, de fato, geralmente é entendido como um sinônimo de sopa). Existem sopas vegetais e com carne, sopas com grumos e sem, sopas baseadas em macarrão e massas, solyankas, sopas creme em diferentes variações, sopas de peixe e ukha (sopa rica em peixe de água doce), sopas com feijão, sopas de cogumelo, sopas de leite e sopas doces, e assim por diante. Mesmo se você não se considera um amante de sopa, na cozinha russa você certamente irá encontrar diversos pratos que virão ao seu gosto. Aqui estão as variedades mais conhecidas de sopa, populares na Rússia e alguns países vizinhos.

  1. Borsch

Borsch é a sopa das sopas. A grande quantidade de beterraba dá uma cor púrpura ou vermelha meio exótica a essa sopa, e as variedades de borsch incluem tanto opções vegetarianas (ou sem carne), como variedades mais nutritivas, espessas e com grande quantidade de carne. Há também uma versão verão de borsch frio. Como um prato independente, o borsch se formou na Ucrânia e no sul da Rússia, mas depois conseguiu ganhar popularidade enorme. Essa sopa é normalmente servida quente, acompanhada de smetana (um tipo especial de creme de leite azedo).

  1. Schi

Schi é uma versão de borsch “para os pobres”. Em essência, traz os mesmos ingredientes – repolho, batata, carne, cenouras… A diferença, porém, é que schi não inclui beterraba. Há duas variedades básicas dessa sopa – uma versão feita de repolho fresco e outra preparada de repolho fermentado (chucrute) que possui o sabor mais azedo e picante. Assim como é o caso com o borsch, uma colher de smetana (creme de leite azedo) é obrigatória.

  1. Solyanka

Essa sopa surgiu em vilarejos e cidades pequenas. Depois ganhou fama como comida predileta dos estudantes. Solyanka é uma sopa barata e nutritiva. Esse tipo de sopa tem como base uma variedade de carnes (geralmente processadas) e subprodutos de carne – linguiças, salsichas etc. Além disso, a lista dos ingredientes inclui obrigatoriamente salmoura (um líquido que surge como subproduto da fermentação dos legumes), picles, hortaliças, um pedacinho de limão e, às vezes, olivas. Solyanka não pode ser vista como comida saudável, mas em termos de nutrição e riqueza do caldo, ela ultrapassa muitas sopas aqui apresentadas.

  1. Rassolnik

Rassolnik é uma das sopas mais antigas, conhecida pelo menos desde o século XVII. Essa sopa tem com base salmoura de picles, o que não é surpreendente, dada a paixão que o russo tem por picles e produtos marinados. Outros ingredientes importantíssimos incluem grumo de cevada e cenouras.

  1. Okroshka

Okroshka refere-se às sopas frias preparadas à base de produtos fermentados baseadas no leite (kefir) ou kvas – uma bebida fermentada tradicional baseada em levedura de padeiro. Todos os ingredientes para okroshka devem ser frescos e não se submetem a tratamento térmico. Esses incluem pepino, variedades de salsicha ou mortadela com baixo teor de gordura, cebolinha e outros legumes e ervas. Às vezes também colocam na okroshka batatas cozidas e ovo. Essa sopa é muito refrescante, mata a sede durante um dia quente de verão e é uma excelente e leve refeição dietética.

Sem dúvida, o cozimento de sopa requer certas habilidades. Por outro lado, a sopa pode ser considerada um prato universal, particularmente em condições de um rigoroso inverno, como o russo. Quando visitar a Rússia, não deixe de experimentar as verdadeiras sopas russas, tanto mais que, hoje em dia, elas estão disponíveis na maioria dos restaurantes públicos. Além disso, há ainda restaurantes especializados em sopas, então não vai ser difícil encontrar uma que agrade o seu paladar. Bom apetite!

 

Like

Um pensamento em “Sopas Russas”

Deixe uma resposta