Zygmunt Bauman – O sólido desmancha no ar…

 

“Foi uma catástrofe arrastar a classe média à precariedade. O conflito não é mais entre classes, é de cada um com a sociedade”.

Autor de ‘Modernidade Líquida’,  o polonês residente em Londres, um dos críticos mais importantes do ‘ativismo de sofá’, empregava expressões como ‘precariado‘ (precário + proletariado) – uma classe sem consciência de classe, e interessava-se pelos movimentos do século XXI Continue lendo “Zygmunt Bauman – O sólido desmancha no ar…”